4 de novembro de 2010

Lola Magazine - Você não precisa. Você quer.

Mês passado, vi nas bancas uma revista que me chamou a atenção pela sua bela capa e pela associação que fiz com a sua propaganda: Lola - você não precisa, você quer! Meus cumprimentos aos publicitários responsáveis.


Resultado: comprei e adorei. A revista é feminina sem ser feminista. Repleta de coisinhas que toda mulher moderna gosta: moda, beleza, comidinha, comportamento, cultura, lugares. Tudo isso num layout dinâmico que deixa a leitura mais gostosa. Há quem diga que não se identificou por se tratar de uma revista voltada para a classe média alta. Para mim, serve de incentivo (mesmo que eu não tenha cacife para bancar uma sandália Louis Vuitton de 3000 reais kkkkkkkkk). Na verdade, pobre gosta de luxo, quem gosta de pobreza é intelectual, como diria a sapiência popular de Joãozinho Trinta. Além do mais, a revista não é só isso.

Já imaginaram encontrar acessórios, maquiagem, roupas, entrevistas, culinária, dicas de lugares interessantes ao redor do mundo, decoração, livros, filmes, teatro, comportamento, tudo voltado para a mulher e tudo na mesma revista? Eu encontrei tudo isso em Lola. Comprei a edição de novembro e já estou terminando de ler. Excelente para relaxar e se inspirar.
Um dia eu chego lá...
Estava aqui pensando... bem que eu poderia ganhar um "qualquer" por esta propaganda, não é verdade?
Lola Magazine é da Editora Abril e custa R$ 10,00.
Twitter: @lolamag_
Site: http://www.lolamag.abril.com.br

8 comentários:

  1. Fugindo um pouco do tema "Lola Magazine", lembrei de um diálogo que vi na tv, entre uma menina e sua avó:

    Menina: - Vovó, o que é anorexia?
    Avó: É uma doença que as mulheres pegam lendo revistas femininas, minha filha.

    Desde então, nunca mais cheguei perto de uma banca. #mentira kkkk

    ResponderExcluir
  2. Tem gente que tem espírito de pobreza o que é bem diferente de não ter grana. Por que não admirar o que é belo?!

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Tínzia,
    Exatamente por isso q eu gostei da revista.
    Em nenhum momento fala de dietas milagrosas e dicas para enlouquecer o homem na cama (pelo menos não por enquanto)kkkkkkk. É direcionada a mulheres a partir dos 30 q são bem resolvidas quanto a isso. Fala de beleza sim e truques p/ amenizar as cruéis marcas do tempo, mas acima de tudo, acho q fala p/ a mulher comum, com sua beleza real e imperfeita. Aliás, sabemos q aquelas mulheres de revista maquiadas, sem fotoshop e ao acordar são iguaizinhas a todas nós hehehe.

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkk "Pobre gosta de luxo. Quem gosta de pobreza é intelectual". Foi Joãozinho Trinta que disse isso? Muito engraçado!

    ResponderExcluir
  5. Eu quase compro, mas, desisti.
    Agora que li o que vc escreveu sobre a revista, deu vontade de sair correndo pra uma banca de rvista!! Vou comprar a deste mês.
    Valeu pela dica!!
    Bjuxx
    umamocabonita.com

    ResponderExcluir
  6. Ou sou o que Cris Leite diz (tenho espirito de pobreza) ou sou o que Joaozinho trinta fala, pq sinceramente Rafa para mim a revista é o "O", e muito futil, se quer ler revista de moda, decoraçao, teatro tem tantas boas a Marie Clarie mesmo é bem menos futil,a Mag magazine, a Vogue, a Bravo... é eu devo mesmo ter espirito de pobre!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Marília, não conheço as outras revistas, mas posso falar pela Marie Claire. Tenha certeza q é bem mais fútil q a Lola. O q a Lola tem de diferente é justamente juntar o fútil a cultura, entrevistas, comportamento etc. Além do mais, o fútil pode ser muito útil, sabia? O fútil desestressa, descansa a mente rsrs. Tmb tinha certa resistência a essas coisas. Depois dos 30, vc me fala hehehehe.

    ResponderExcluir
  8. Ah! E vc não tem espírito de pobre. Pobre gosta de luxo. Vc tem espírito de intelectual...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...