2 de julho de 2010

Passeios

Como disse no post anterior, aproveitei as visitas aqui em casa para passear por Sampa.


Comecei na segunda-feira, dando uma volta na Av. Paulista, o que já era esperado, pois eu AMO a Av. Paulista.


Terça-feira, fizemos (eu, minha irmã e minha cunhada) uma visita de 3 horas à Shoestock. A mulherada fissurada em sapatos fica enlouquecida naquela loja. São sapatos de todos os tipos e tamanhos. Os preços não são nada demais, nem de menos, o que faz a gente se sentir bem lá dentro é que todos os modelos ficam nas prateleiras e não tem vendedor chato em cima de você o tempo todo, dá para experimentar à vontade. Os sapatos têm marca da própria loja e são muito confortáveis (pelo menos os que eu experimentei o eram). A loja tem também uma boa variedade de bolsas e carteiras. Quem tem dinheiro para gastar, faz a festa. Como disse minha cunhada, “é um parque de diversões”.
comprei esta botinha


Já eram 16h quando conseguimos almoçar. Fomos à lanchonete The Fifties, aquela que tem cara de lanchonete de filme americano dos anos 50. A lanchonete é linda, cheia de detalhes retrô, me senti num filme... ah! e os sanduíches são deliciosos!

Quarta-feira, fomos conhecer a Livraria da Vila, na Vila Madalena. Já tinha ouvido falar muito bem dessa livraria e a boa fama foi confirmada. A livraria é linda, toda de madeira por dentro, ao fundo tem uma espécie de quintal com um café, a marca servida é a Santo Grão, delícia, delícia.

Logo na entrada, à direita, tem a parte de CDs e DVDs que, a princípio, parece pequena, mas que guarda um grande número de títulos, de variados artistas e estilos. Vi coisas totalmente diferentes do que vejo nas outras lojas. Passamos tanto tempo nessa sessão, que nem deu tempo de visitar a parte de livros como deve ser. A fome apertou. Fomos almoçar num restaurante mineiro ali perto, na Praça Benedito Calixto, o Consulado Mineiro. Delícia! Comida boa e barata, bom atendimento, diversos tipos de cachaça, ambiente simples, daqueles que fazem a gente se sentir em casa. E o melhor: pela primeira vez na vida, comi tutu!

Restaurante Consulado Mineiro


Quinta-feira foi dia de visitar outra livraria, a Cultura do Conjunto Nacional. Essa eu já conhecia, mas é tão linda e maravilhosa que volto sempre que posso. Ficamos um tempão lá, folheando livros e curtindo o clima. Depois, tomamos um café com pão de queijo no Café Viena, que fica dentro da livraria. A marca servida é a Moka, muito, muito boa!
Eu, estilo College kkkkk


Depois, pegamos o novo metrô da linha amarela, só para conhecer mesmo (hahaha coisa de turista). Fomos almoçar um bom pastel de bacalhau no Mercado Municipal (adoro o Mercadão!).

Da esquerda p/ direita: cunha, eu, mana,
Mara(escondida) e Fernanada.


Seguimos para o Museu da Língua Portuguesa para visitar a exposição temporária: Menas – o certo do errado, o errado do certo. Achei a exposição um tanto quanto perigosa para os leigos e pobre para os entendidos. No próximo post colocarei algumas fotos e coisinhas que eu, às pressas, copiei no papel.


Sexta foi dia de shopping. Almoçamos e depois passamos (eu e minha cunhada) um bom tempo na M.A.C. Estava escolhendo um “presentaçalhaço” de aniversário para minha irmã e, ao mesmo tempo, aprendendo um pouco mais sobre o universo das mulherzinhas, o qual, depois dos 30, senti a necessidade de conhecer.


No sábado, saímos à noite (depois de anos, cheguei em casa às 4 da manhã). Domingo, tomamos café da manhã numa padaria (programa típico de paulistano). O triste é ver depois a casa vazia. É o lado ruim de morar longe. Mas, fazer o quê? Não se pode ter tudo. Esse é o preço que eu pago por morar nessa cidade linda e maravilhosa!


Queria ter feito muitas outras coisas, mas não deu tempo. Fica para outra oportunidade. E, quando acontecer, registro aqui novamente. Agora, o dever me chama.

11 comentários:

  1. Aiiiii, pastel de bacalhau no Mercado Municipal arrasa!! (inveja branca)
    Já anotei todo esse roteiro p/ minha próxima visitinha à SP.
    ^^

    ResponderExcluir
  2. Amiga, como vc é cult!!! Não teve 25 de março nem José Paulino??? Aaahhhhh, n deixo passar.
    Essa livraria Cultura é do lado da casa de Rey, muito legal lá...

    ResponderExcluir
  3. hehehe ADORO a 25 de Março, mas só quando tenho algo específico para comprar. Não vejo muita graça na Zé Paulino, nunca acho coisas realmente boas e baratas lá.

    ResponderExcluir
  4. AAAhhhhhhhhhhh!! Vou entrar em depressão de novo!! Aqui em Aracaju não tem nada pra fazer, nenhum lugar pra visitar e somente uma rede de livrarias!!!

    ResponderExcluir
  5. Olha eu tbm amo a Av. Paulista e toda a vez q vou a Sampa, passo por lá!!!!
    Adorei o seu roteiro, muito bom mesmo!!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Rafa, coloca o meu blog novo na tua blogroll, please! É www.cadealiquidacao.wordpress.com
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Outra coisa: como é que faz banner, igual a esse que você tem na lateral para outros blogs linkarem?
    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Que mara *-*
    Curti essa Livraria da Vila, quero conhecê-la! rsrs
    Tchau, tchau :*

    ResponderExcluir
  9. Nossa que delicia de passeio, moro perto de Sampa e nunca fiz passeios pela capital, a não ser o zoo e os shoppings, Av. Paulista fui duas vezes a passeio e adorei, já anotei a loja de sapatos rsrs.

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Rrrrrrrrrfaiela, amei o resumo da viagem de vcs, adorei saber do parque de diversões femino, ai que inveja que dá, nesse caso, esse tal parque seria pra mim, o meu sanatório, pois ficaria louca...por sinal adorei a sua botinha!!! Quem sabe um dia desses, eu n estarei ai com a sua cunhadinha né? Bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  11. Eu TAMBÉM vou na Avenida Paulista e na Cultura toda vez que eu estou em Sampa!!! rs

    Na verdade, passo na Cultura quase três vezes por semana. E tenho que me controlar para não comprar nada. Fiquei boquiaberto quando entrei nela pela primeira vez e vi que tinha três andares. Tipo: "home, sweet, home" rs

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...