19 de julho de 2010

30 anos sem o poetinha IV



Onde anda você

E por falar em saudade onde anda você
Onde andam seus olhos que a gente não vê
Onde anda esse corpo
Que me deixou morto de tanto prazer
E por falar em beleza onde anda a canção
Que se ouvia na noite dos bares de então
Onde a gente ficava,onde a gente se amava
Em total solidão
Hoje eu saio na noite vazia
Numa boemia sem razão de ser
Na rotina dos bares
que apesar dos pesares,
Me trazem você
E por falar em paixão, em razão de viver,
Você bem que podia me aparecer
Nesses mesmos lugares, na noite, nos bares
Onde anda você?


Música linda, linda, linda!
Acho que estou ficando "véia"...

Um comentário:

  1. Tá "véia" não... É linda mesmo! Quer dizer que é só véio que gosta do poético, do belo, do lindo?
    Bj

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...