12 de julho de 2010

30 anos sem o Poetinha II

Eu não só lia Vinícius, como ouvia Vinícius. Aliás, vou confessar que ouvia muito mais do que lia. Quando adolescente, adorava me reunir com os amigos para tomar vinho barato e ouvir Bossa Nova. Minha mãe tinha um LP duplo de Vinícius, com canções que ele fez em parceria com diversos compositores. Foi ouvindo esses discos que me apaixonei pelo Vinícius letrista e pela Bossa Nova em si. A letra dessa canção foi musicada por Tom Jobim.


Voz de João Gilberto

Chega de Saudade

Vai minha tristeza
E diz a ela que sem ela não pode ser
Diz-lhe numa prece
Que ela regresse
Porque eu não posso mais sofrer

Chega de saudade
A realidade é que sem ela
Não há paz, não há beleza
É só tristeza e a melancolia
Que não sai de mim
Não sai de mim
Não sai

Mas, se ela voltar
Se ela voltar que coisa linda!
Que coisa louca!
Pois há menos peixinhos a nadar no mar
Do que os beijinhos
Que eu darei na sua boca

Dentro dos meus braços, os abraços
Hão de ser milhões de abraços
Apertado assim, colado assim, calado assim,
Abraços e beijinhos e carinhos sem ter fim

Que é pra acabar com esse negócio
De você viver sem mim
Não quero mais esse negócio
De você longe de mim
Vamos deixar esse negócio
De você viver sem mim

3 comentários:

  1. Tbm adoro escutar Bossa Nova! Vinícius e Tom Jobim revolucionaram a música brasileira!!Sou super fã!!!
    Bjo e boa semana!

    ResponderExcluir
  2. Linda canção! Gosto da maioria das canções, lembro "Se todos fossem iguais a você" , "Aquarela" que é lindíssima, composta por Tom e Vinicíus. São tantas lindas!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Confesso que leio mais do que escuto, porém o cara era bom demais nos dois quesitos!!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...